Você provavelmente já ouviu falar sobre whey protein e proteína vegetal ou, popularmente conhecido como “whey vegano”, mas você sabe o que são esses dois suplementos proteicos? No artigo de hoje vamos falar sobre as diferenças entre eles, dosagem, as variedades dentro de cada um e qual momento tomar.

O que é whey protein?

O whey é um suplemento proteico feito do soro do leite da vaca que é transformado em pó, constituído por um blend de proteínas, aminoácidos e peptídeos obtidos pelo processamento desse soro.

O que é proteína vegetal?

As proteínas vegetais também são ricas em aminoácidos que precisamos consumir e elas podem ser feitas a partir do processamento da ervilha, arroz, batata, soja, chia, amêndoas entre outras.

A diferença entre os dois suplementos

A diferença entre eles é que a proteína vegetal é livre de gorduras, diferente do whey protein. Geralmente, as proteínas vegetais não possuem também lactose, enquanto o whey protein só não possui na versão isolado e hidrolisado, que costumam ser mais caros.

Tipos de whey protein

Existem 3 tipos de whey protein:

  1. Concentrado – contém gordura, lactose, carboidratos e minerais e passa apenas por um processo de filtragem. A absorção é a mais lenta quando comparada com os outros tipos de whey.
  2. Isolado – concentra um pouco mais de proteínas do que o concentrado, mas a principal diferença é que esse tipo de whey passa por um processo de filtragem específico. Esse processo tem o objetivo da remoção completa ou quase completa da lactose, o tornando uma opção melhor para quem possui intolerância a lactose.
  3. Hidrolisado – esse tipo de whey não contém lactose e passa pelo processo de hidrólise que consiste em quebrar as proteínas em tamanhos menores, facilitando a digestão e sendo mais rapidamente absorvidas.
Dosagem

Geralmente, as marcas descrevem cerca de 30g de proteína em pó ao dia. Porém essa quantidade não pode ser considerada ideal para todos, pois há variações como peso, gênero, idade, tipo de treino e quantidade de proteína consumida ao longo do dia através da alimentação que interferem na dosagem. Por isso que a recomendação do seu nutricionista deve ser sempre respeitada.

Quando tomar?

Diferente do que muitos pensam, tanto o whey protein quanto a proteína vegetal, podem ser consumidos independentemente do treino, ou seja, podem ser consumidos em qualquer horário do dia e não somente após o treino.

O ideal é que haja um consumo periodizado de proteínas ao longo do dia, a cada 3 ou 4 horas para que a absorção seja maximizada, pois existe uma quantidade limite de absorção proteica por vez. Sendo assim, não adianta consumir muita proteína de uma vez só, mas sim dividir o consumo ao longo do dia.

Por fim…

A escolha entre as duas opções vai depender não só do estilo de vida (se você consome derivados de animais ou não). Mas também de como você se sente tomando um ou outro, pois os dois são excelentes opções de suplementos proteicos.

Consulte seu nutricionista quanto à dosagem e hora de tomar. Ter a proteína periodizada ao longo do dia é essencial para alcançar suas necessidades!

E se não tem um nutricionista ainda, agende sua consulta!

Camila Serrano

Nutricionista formada pelo Centro Universitário São Camilo, pós-graduanda em Nutrição Esportiva e Estética pela Plenitude.
Gosta da área de esportes em geral, mas o coração bate mais forte quando assunto é futebol!